BVS Doenças Infecciosas e Parasitárias – Fale Conosco! Conhecendo os usuários

O projeto foi desenvolvido em etapas:
1ª Etapa: Levantamento bibliográfico que identificou a literatura da área de biblioteconomia e ciência da informação sobre análise de usuários em ambientes virtuais com vistas à fundamentação teórica deste estudo.  A dificuldade para obtenção de trabalhos na temática evidenciou a lacuna de estudos de usuários no ambiente virtual, prática que, nos espaços físicos tradicionais (bibliotecas, centros de documentação) a literatura é farta e diversificada.
2ª Etapa: levantamento de todos os contatos realizados pelos usuários da BVS-DIP por meio do Fale Conosco.
3ª Etapa: Análise do formulário Fale Conosco, as variáveis e fluxos de comunicação, além da tabela e modelo para tabulação dos dados, onde se observa o assunto X demanda X ano. Esta tabela serviu para agrupamento da informação de acordo com o interesse fundamental do correio eletrônico. Outra tabela contempla assunto X finalidade X ano, onde a utilização do material solicitado é levada em consideração, e a partir disso, podemos especular o perfil do usuário. Na elaboração de relatório parcial de análise de dados foi identificada a necessidade de criar formas alternativas de fonte de dados, encontrados alguns defeitos do formulário e necessidade de modificações para maior precisão na conclusão do estudo.
 4ª Etapa: Análise de conteúdo das mensagens recebidas visou identificar as demandas e demais informações não contempladas no formulário e espontaneamente fornecidas, capazes de qualificar o perfil do usuário. Nesta etapa foram levantadas as demandas de informação por assunto, identificação profissional, região/estado e gênero. Os assuntos observados nos e-mails foram indexados, ou seja, traduzidos da linguagem natural para o vocabulário controlado Descritores em Ciências da Saúde (DECS).
5ª Etapa: Organização dos dados m Excel, contendo as variáveis identificadas nas etapas anteriores para consolidação dos dados analisados e elaboração do relatório final. Resultaram várias tabelas e gráficos.

Este projeto foi importante porque permitiu ter a dimensão de como a BVS-DIP está sendo utilizada por seus usuários. Apesar da BVS-DIP contar com todas as fontes de informação, diretórios e portais, pode-se verificar a partir da ferramenta “Fale Conosco”, demanda reprimida em relação a informações sobre as doenças, no que se refere à sua história, etiologia, modo de transmissão, período de incubação, período de transmissibilidade, diagnóstico, tratamento, complicações, prevenção, controle, onde buscar tratamento entre outras, voltadas a população em geral, agentes comunitários de saúde, alunos do ensino médio e fundamental. Verificamos também a grande demanda por materiais educativos produzidos em âmbito nacional que possam ser utilizados para cursos e treinamentos. As publicações mais solicitadas através desta ferramenta foram o Guia de Bolso – Doenças Infecciosas e Parasitárias, o Guia de Vigilância Epidemiológica, editados pelo Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *